CAPELANIA

O que é Capelania 

A Capelania, em suas variadas formas, deve ser entendida como um ministério a serviço daqueles que sofrem. A própria tradição que narra a origem da Capelania já evidencia de per si que sua preocupação precípua é o outro, o próximo. Ela nos dá conta de que Martinho de Tours, nascido em 316 na antiga Panônia, atual Hungria, de uma família pagã que da parte do pai o fez um militar, encontrou-se um dia, com um mendigo que tiritava de frio e pediu-lhe esmola e, como Martinho não tinha, acabou cortando seu próprio manto com a espada, dando metade ao pedinte. Durante a noite, o próprio Jesus apareceu-lhe em sonho usando o pedaço de manta que dera ao mendigo e agradeceu a Martinho por tê-lo aquecido no frio. Dessa noite em diante, ele decidiu que deixaria as fileiras militares para dedicar-se à religião.

Objetivo do Curso

Formar e qualificar capelães para o exercício dessa relevante atividade. O capelão é alguém que deve estar pronto para o diálogo, para o aconselhamento, para situações difíceis, no propósito de oferecer orientação, conforto e consolo, em ambientes de grandes privações e sofrimento. É alguém capaz não apenas de falar, mas também de ouvir aquilo que não foi manifesto verbalmente e entender expressões que revelam sentimentos.

Justificativa do Curso 

Resultado de imagem para trabalho de capelania hospitalar

O curso de Capelania se justifica pela real necessidade social e espiritual das pessoas em situações críticas, como doentes, presidiários e acidentados, bem como aos familiares dessas pessoas que também sofrem mediante o sofrimento de seus entes queridos. O ser humano é devidamente compreendido quando reconhecemos que ele não é apenas um ser bio-psico-social, mas acrescente-se a isso que ele é também um ser espiritual. O capelão, portanto, é alguém com preparo adequado para atender espiritualmente a pessoas que necessitam desse tipo de auxílio. É reconhecido por médicos, professores e especialistas sociais que o auxílio espiritual é fundamental para a recuperação e desenvolvimento da pessoa, seja ela doente, presidiária, estudante. Esse atendimento, evidentemente, precisa ser coerente, adequado, que respeita os limites do ambiente onde ocorre, a fim de que o capelão possa exercer sua atividade com tranqüilidade, sendo bem quisto e de fato desejado, como alguém competente para ajudar, de fato.

Quais são as capelanias ministradas pelo CETAPES?

O CETAPES ministra as capelanias: Hospitalar, prisional, de resgate, comunitária e ministro capelão.

Periodicidade, certificação e investimento.

1ª forma – O curso acontece em um encontro semanal, de 19 às 22hs, nas instalações do CETAPES, com duração prevista para 4 meses. Tem carga horária total de 100 horas. Estando devidamente adimplente com a instituição, acadêmica e financeiramente, o aluno e/ou aluna será devidamente certificado pelo CETAPES, recebendo histórico com o conteúdo programático e o certificado de conclusão. O valor do investimento é de uma matrícula de R$ 50 e mais quatro parcelas mensais de R$ 100.

2ª forma – No formato intensivo, o aluno faz a matrícula e retira o módulo de estudo da Capelania. Após 20 a trinta dias participará de uma Palestra para tirar dúvidas. No formato intensivo o valor é de R$ 150,00 pagos à vista.

capelania